A decisão considerou que alguns Conselhos Regionais de Odontologia (CROs) estão em período de férias coletivas e que há solicitações de adiamento da inscrição ao Prêmio nas etapas estaduais. A prorrogação do prazo foi uma deliberação do CFO, através da Comissão de Políticas Públicas/Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal.
O prazo final das inscrições ficou para o dia 22 de agosto deste ano. A alteração também modifica o prazo para as avaliações finais dos municípios inscritos no Prêmio em todas as categorias.
Com isso, a data para que os CROs informem ao CFO quais os municípios premiados em primeiro lugar, em todas as categorias, passa a ser 05 de setembro. A data para que os Regionais encaminhem ao CFO a documentação comprobatória dos agraciados, se encerra em 12 de setembro.
O Presidente do CFO, Juliano do Vale, explicou a decisaõ: “Além da questão dos CROs, nós também queremos alcançar ainda mais municípios, tendo em vista o objetivo do Prêmio que é de reconhecer, valorizar e incentivar as políticas de saúde bucal em todo o país. E a melhor prestação de serviços de saúde bucal à população”.

Inscrições para o Prêmio

O prêmio reconhece e valoriza municípios brasileiros que se destacaram na implantação e efetivação das políticas públicas de saúde bucal no último ano.
Os municípios que desejam concorrer devem encaminhar um ofício para o Conselho Regional de Odontologia (CRO), no estado, com o assunto “Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal 2019”, conforme prevê a Resolução 205/2019. A solicitação da inscrição deverá ser feita junto com a documentação exigida que comprove as ações do município em prol da saúde bucal.
A primeira colocação das categorias recebe uma cadeira odontológica, com mochos e equipo para acionamento e controle de seringas tríplice, micromotores e turbinas; suctor para coleta de dejetos através de cuspideira/sugadores e refletor odontológico. Os municípios classificados do segundo ao quinto lugar receberão placas alusivas e os demais inscritos receberão certificado de participação.
Neste ano, nove categorias concorrem ao Prêmio: (I) municípios com até 20.000 habitantes das regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul, contabilizando cinco grupos; (II) municípios entre 20.001 e 50.000 habitantes; (III) municípios entre 50.001 e 100.000 habitantes; (IV) municípios entre 100.001 e 500.000 habitantes e (V) os municípios com mais de 500.000 habitantes – que inclui o Distrito Federal.