O coração, como um dos principais órgãos do corpo humano, merece especial atenção para garantia da saúde.

Para reforçar a importância dessa atenção, foi criada uma data de conscientização. 29 de setembro foi a data escolhida para ser dedicada aos com o coração.

Principal causa de morte no mundo Segundo  a Organização Mundial de Saúde (OMS) são as doenças cardiovasculares, que  atingem cerca de 18 milhões de pessoas em todo o mundo, equivalente a 31% de todas as mortes registradas .

O CRO-RJ preocupado com a saúde dos cirurgiões-dentistas e  pacientes,   listou as principais causas de  doenças do coração, as que  são passiveis de fatores de risco, que  podem ser modificáveis ou as  não modificáveis.

Entre os não modificáveis, estão a história familiar, a idade e o sexo, fatores que não podem ser eliminados.

Já os fatores de risco modificáveis são aqueles que  podem ser controlados ou mesmo extintos. Para isso, existem muitas ações que podem ser exercidas para seu controle. Sempre é bom lembrar.

 

Sedentarismo

Para evitar doenças cardiovasculares e mais uma série de complicações de saúde, Renata afirma que o ideal é praticar, pelo menos, 150 minutos por semana de atividade física moderada ou 75 minutos de atividade intensa. Para os adeptos do segundo grupo, porém a médica destaca que é importante ter certeza de que não há uma sobrecarga.

Sobre a atividade mais recomendada, a profissional diz que “o mais importante é que seja um exercício que você gosta, afinal, atividade física não é vacina, que recebemos uma dose e pronto. Só funciona se for feito com frequência”, diz.

 

Excesso de gordura

De acordo com pesquisas, pessoas que possuem o índice de massa corporal acima do do valor considerado ideal – 20 e 25 kg/m2 – correm mais riscos de doenças cardiovasculares.

Essa gordura, porém, pode estar presente tanto em pessoas obesas quanto em pessoas magras, mas com altos níveis de colesterol no sangue. Por isso, é importante que todos estejam atentos às taxas.

 

Hipertensão

A hipertensão é uma doença crônica que acomete milhares de pessoas em nosso país. Por ser uma doença silenciosa, muitas pessoas desconhecem que sejam hipertensas. Por isso, é importante que você verifique sua pressão arterial regularmente e, caso o diagnóstico de hipertensão seja feito, não deixe de se tratar.

 

Diabetes

O diabetes, principalmente quando mal controlado, ataca não apenas os vasos sanguíneos do coração, mas também os do cérebro, dos rins e dos membros. O controle do diabetes é feito com modificações na dieta, medicamentos e atividade física regular.

 

Tabagismo

Além de ser um dos grandes responsáveis pelas doenças cardiovasculares, ainda é a principal causa de diferentes tipos de câncer, como os de pulmão, boca, língua e bexiga. Os ricos acontecem porque o cigarro é um grande agressor da parede de células, que recobre os vasos sanguíneos e impede a entrada de gordura nesses vasos.

 

Ausência de consultas médicas

Ir ao médico e fazer uma avaliação clínica de risco cardiovascular, mesmo que não haja nenhum sintoma, é fundamental para a saúde do coração .

O momento ideal para intensificar essas visitas ao médico e  providenciar exames é que  sejam feitos aos 30 ou 40 anos, para que os tratamento possa ser feito  sem maiores danos.

 

Você sabe o que é síndrome do coração partido?

Problemas emocionais e ambientais, associados à predisposição genética, são gatilhos para doenças cardíacas

Uma forte dor no coração, como se ele rasgasse por dentro, subitamente. A frase parece apenas uma metáfora clichê, sempre acessível para descrever uma mágoa profunda, mas não física.

O coração partido, porém, no auge do século 21, deixou de ser muleta dos sofredores e passou a fator de risco para problemas cardíacos.

Dor de amor também pode matar.