Hoje, no Dia Mundial do Diabetes, campanhas no mundo todo vêm conscientizar a importância da prevenção e educação nos cuidados de pacientes com a doença. A data foi criada em 1991 pela Internation Diabetes Federation (IDF) em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS). O dia 14 de novembro corresponde ao aniversário de Frederick Banting que juntamente com Charles Best, deu origem aos estudos da insulina no ano de 1921.

O diabetes é considerado uma doença invisível, pois os sintomas podem aparecer apenas em estágios mais avançados, como por exemplo, através de complicações, principalmente cardiovasculares

A doença atinge nove milhões de brasileiros – o que equivale a 6,2% da população adulta – segundo a Pesquisa Nacional de Saúde, realizada pelo Ministério da Saúde em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As mulheres apresentam maior índice comparado aos homens (5,4 milhões para 3,6 milhões). A maior incidência é na faixa etária entre 65 e 74 anos (19,9%) e a menor, na idade entre 18 a 29 anos (0,6%). Mas, para os que têm mais de 75 anos, o percentual também é alto: 19,6% de prevalência da doença.