Desde meados de 2019, o CRO-RJ vem sendo procurado por profissionais de Odontologia, solicitando apoio do Conselho para o não-pagamento dos salários e outras irregularidades trabalhistas que afetam os profissionais de Odontologia e demais categorias da Saúde que prestam serviço à prefeitura do Rio.

As denúncias se referiam tanto às Organizações Sociais, responsáveis pelas contratações, quanto à Prefeitura, que não estaria repassando as verbas para o pagamento dos profissionais.

Após reiterados movimentos de repúdio, o Conselho resolver tornar pública a sua indignação, representando junto ao Ministério Público do Trabalho contra a Prefeitura do Rio de Janeiro.

Acolhida a Representação, o MPT determinou a realização de uma Audiência Pública, marcada para 24 de março próximo, onde a pauta serão as denúncias que vêm sendo encaminhadas ao Conselho.

Paralelamente, o CRO-RJ havia sugerido aos profissionais que fossem ao Sindicato dos Dentistas, que é a entidade capacitada a encaminhar essas questões trabalhistas.

Ainda dentro de suas possibilidades de atuação, o CRO-RJ abriu seu o auditório para que os profissionais da Odontologia tivessem um local para se reunir e se organizar.

A próxima reunião está marcada para 10/01, a partir de 15 h, no auditório do Conselho à rua Araújo Porto Alegre 70, 5º andar, Cinelândia.

A união faz a força