Uma reportagem levada ao ar no telejornal Bom Dia Brasil, da TV Globo, no último dia 13/01, mostrou entrevista do presidente do CFO, a propósito do aumento da procura pela contratação de planos odontológicos.

Juliano do Vale destacou “a importância da população, ao optar por contratar planos odontológicos, escolher aqueles que são fiscalizados pela Agencia Nacional de Saúde (ANS), pelos Conselhos de Odontologia ou recomendados por Cirurgiões-Dentistas”.

A reportagem repercutiu o aumento na contratação de planos odontológicos no país, que dobrou na última década. Esse crescimento, destacou Vale, “precisa estar acompanhado de informações sobre a regularização das clínicas odontológicas, da rede credenciada e da cobertura assistencial oferecida”

O presidente do CFO, explicou ainda, que o cirurgião-dentista é o profissional ideal para informar sobre a capacidade de atendimento dos planos odontológicos na sua região. “A depender do plano odontológico e da macrorregião, é possível ocorrer variações de procedimentos como consultas, exames e cirurgias, bem como da abrangência de especialidades, entre outros critérios que incluem a contratação do plano odontológico”, esclareceu.

Para ele, “o cirurgião-dentista tem pleno conhecimento sobre a realidade dos planos odontológicos e pode contribuir nesta contratação, que vai muito além do atrativo ‘preço’. Muitas vezes, o baixo custo oferecido, não cobre os gastos operacionais mínimos para execução do procedimento, ou seja, o cidadão pode se deparar com cobertura limitada e insatisfatória, gerada pela falta de informação”, completou Juliano do Vale

Registro legal de clínica odontológicas 

Os Conselhos Regionais de Odontologia em todo o Brasil disponibilizam consulta pública, presencialmente ou online, acerca do registro legal e conduta ética das clínicas odontológicas. Atualmente, cerca de 47.354 mil entidades prestadoras de assistência odontológica (clínicas) estão com inscrição ativa no Sistema Conselhos. Além disso, é recomendável que o cidadão consulte a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para verificar a situação regular do plano odontológico, considerando a execução do Rol de Procedimentos Odontológicos da ANS, o uso devido de instrumentais odontológicos e o cumprimento de repasses honorários aos Cirurgiões-Dentistas prestadores de serviço.

Para aprimorar a tabela de procedimentos odontológicos da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o CFO desenvolve trabalho permanente. No último trimestre de 2019, o CFO entregou à ANS um estudo nacional realizado pelos Conselhos de Odontologia que fundamenta falhas e discrepâncias das glosas odontológicas e também iniciou estudo para incluir procedimentos específicos da odontologia hospitalar nessa tabela.