Santa Apolônia, é considerada a padroeira da Odontologia e mártir intercessora das doenças nos dentes.

Sua história revela que por ser cristã, na cidade de Alexandria, foi perseguida, capturada e teve seus dentes golpeados e destruídos.

Ameaçada de ser queimada viva se não proferisse blasfêmias contra sua fé e invocasse os deuses pagãos, recusou-se a fazê-lo e lançou–se inesperadamente à fogueira, ardendo até a morte.

Apesar de ter abreviado a própria morte, a Igreja não a condenou.  Posteriormente São Dionísio, Bispo de Alexandria, descreveu Santa Apolônia como uma mulher de grande fé e autoestima, e de ser tão mártir quanto muitos outros que haviam se imolado, passando a se venerada na Igreja de Alexandria desde então, como virgem e mártir.

 

Porque Santa Aplonia é a padroeira da odontologia?

Santa Apolônia ela é popularmente invocada contra a dor de dente devido ao suplício que sofreu. Dessa forma costuma ser representada nas artes com uma torquês ou tenaz através da qual um dente é preso.

Já no século 14 a ilustração de um manuscrito francês, foi amplamente distribuída como um poster. Este era considerado apropriado para gabinetes odontológicos nos EUA. Nela, o dente sagrado preso na tenaz brilha por si, como se fosse um bico de luz.

 

  • Relíquia da Santa Apolônia

 

Seus restos mortais estão espalhados por várias:  igrejas Basílica de Santa Maria em Trastevere, seus braços na Basílica de São Lourenço Fora de Muros, partes de sua mandíbula na Catedral de São Basílio. Outras relíquias estão na igreja Jesuíta da Antuérpia, na igreja de Santo Agostinho em Bruxelas, na igreja Jesuíta em Mechelen, na igreja da Santa Cruz em Liège, no tesouro da Catedral do Porto, e estão em muitas igrejas na cidade de Colônia.

Essas relíquias consistem, muitas vezes, apenas de um dente ou pedaço de osso.

 

ORAÇÃO A SANTA APOLÔNIA:

“Oh! bom Deus…Rogamos que a intercessão da gloriosa mártir de Alexandria, Santa Apolônia, nos livre de todas as enfermidades do rosto e da boca.

Lembrai-vos principalmente das criaturas inocentes e indefesas.

Afastai, se possível, a amargura das dores de dente. Iluminai, fortificai e protegei os cirurgiões-dentistas, para que sempre se dediquem ao próximo com o amor que de vós emana, e nos seja dado usufruir de vosso reino.

Santa Apolônia, intercedei a Deus por nós. Amém.”