O Conselho Federal de Odontologia solicitou ao Ministério da Educação tratamento diferenciado para os cirurgiões-dentistas recém-formados e estudantes de Odontologia beneficiários do FIES, com a suspensão da cobrança da dívida.

Através de ofício endereçado à Presidente Nacional do Fundo de Desenvolvimento da Educação (FNDE/MEC), Karine Silva dos Santos, o Conselho Federal justifica o pedido a suspensão por tempo indeterminado da cobrança do financiamento estudantil, tendo em vista “o cenário de incertezas econômicas, frente à pandemia mundial”.

A medida pretende minimizar as consequências geradas pela crise financeira provocada pelas ações relativas ao controle da epidemia causada pelo novo coronavírus.