Diante do grave cenário da saúde no Estado do Rio de Janeiro, da confirmação da desativação de 55 equipes de saúde bucal e 184 equipes de saúde da família, o futuro presidente eleito do CRO-RJ, Altair Andrade, e o presidente do CREMERJ, Sylvio Provenzano, se reuniram essa semana para alinhar uma pauta comum em defesa dos profissionais de saúde, e também da sociedade. O objetivo é unir forças para defender as categorias e a população, já que os cortes trarão consequências graves. Sylvio Provenzo comentou “É preciso minimizar os danos que esses cortes vão causar aos profissionais de saúde e à população. E eles certamente vão. Nossos médicos e dentistas são funcionários de OS, não estão diretamente ligados à prefeitura. ”

Altair Andrade defende a união das instituições ” Precisamos caminhar juntos e alinhar nossas estratégias para sermos mais fortes e conseguirmos maior repercussão em nossas ações”.

 

Rogério Pedrosa, Altair Andrade, Sylvio Provenzo e Lucas Laupman